domingo, 8 de março de 2009

Curso de Mapas Mentais

DESCRIÇÃO
Mapa Mental é uma ferramenta simples utilizada para organizar o pensamento. O curso aborda técnicas para desenvolver a inteligência, melhorar a concentração e a habilidade de processar e reter informações.

OBJETIVO
  • Proporcionar melhorias de atenção, concentração, memória eaprendizado para aulas, palestras, cursos e treinamentos
  • Desenvolver a capacidade e a competência de sintetizar informações por meio de resumos;
  • Criar estratégias para aumentar o grau de compreensão dasinformações.
PÚBLICO

O curso é direcionado ao profissional de qualquer área de atuação, executivos, professores e estudantes, que estejam interessados em melhorar o planejamento e registro de informações.

METODOLOGIA

Treinamento organizado em dois módulos onde no primeiro o participante tem acesso à informações teóricas sobre o conceito, a utilização e as orientações sobre a construção do Mapa Mental. É abordado também técnicas de apresentação e memorização de informações.

O segundo módulo ensina como criar Mapas Mentais com a utilização do computador. O participante aprende como utilizar suas idéias através de um processo que combina símbolos, linhas, palavras, figuras e cores visando estimular as habilidades cerebrais.

Duração

  • 12 Horas
Número de Participantes

  • Até 24 pessoas
Material

  • Apostila
  • CD-ROM contendo: Artigos, Modelos de Mapas Mentais e Cópias demonstrativas das ferramentas mais populares utilizadas na área
  • Bibliografia
Instrutor

  • Germano Fenner, ITIL, MSc, PMP, certificado PMP (Project Management Professional) pelo PMI, certificado ITIL Foundations pelo Examination Institute for Information Science-EXIN e pelo International Institute for Learning-IIL em Microsoft Project. Bacharel em Informática, Mestrado em Sistemas e Processos Industriais pela Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC. É membro do Project Management Professional(PMI), organização mundial voltada ao gerenciamento de projetos, da Associação Brasileira de Gerenciamento de Projetos (ABGP) e do International Project Management Association (IPMA). É professor de MBA em Gerenciamento Projetos em diversas faculdades. Instrutor em Gerenciamento de Projetos e Microsoft Project em várias turmas: Philip Morris, Secretaria de Segurança do Estado do Ceará, Banco do Nordeste do Brasil S.A.

quinta-feira, 5 de março de 2009

A nova era da gestão de riscos


Entra em vigor, em outubro de 2009, o ISO 31000 (Principles and guidelines for risk management), uma norma universal voltada exclusivamente à Gestão de Riscos. As corporações dos mais diversos portes e segmentos deverão seguir as orientações da International Organization for Standardization (ISO).

Atualmente, existe uma falta de consenso. As terminologias e os conceitos utilizados para a gestão de riscos faz com que as instituições enfrentem dificuldades em integrar as suas diferentes funções e atividades relativas ao assunto.

Com a norma ISO 31000, o objetivo é aplicar uma visão atualizada e padronizada aos vários tipos de riscos ligados aos diferentes setores da organização, como: financeiro, projetos, saúde, entre outros.

A versão brasileira da norma está sendo desenvolvida com o apoio de especialistas em gestão de riscos de várias empresas no país para atender às necessidades específicas do mercado nacional e deverá ser lançada quase que simultaneamente à versão original.

Fonte:HSM Online, 03/03/2009

quarta-feira, 4 de março de 2009

Humor em projetos - Método de Contratação de Pessoas

O Método do tijolo para contratação consiste em: Colocar todos os candidatos num galpão, disponibilizar 200 tijolos para cada um sem dar nenhuma orientação sobre o que fazer. Após seis horas, volte e verifique o que fizeram.

Segue a análise dos resultados:

1 - Os que contaram os tijolos, contrate como contadores.
2 - Os que contaram e em seguida recontaram os tijolos, são auditores.
3 - Os que espalharam os tijolos são engenheiros.
4 - Os que tiverem arrumado os tijolos de maneira muito estranha, difícil de entender,
coloque-os no Planejamento, Projeto e Implantação Controle de Produção.
5 - Os que estiverem jogando tijolos uns nos outros, coloque-os em Operações.
6 - Os que estiverem dormindo, coloque-os na Segurança.
7 - Aqueles que picaram os tijolos em pedacinhos e estiverem tentando montá-los
novamente, devem ir direto à Tecnologia da Informação.
8 - Os que estiverem sentados sem fazer nada ou batendo papo-furado,
são dos Recursos Humanos.
9 - Os que disserem que fizeram de tudo para diminuir o estoque mas a concorrência
está desleal e será preciso pensar em maiores facilidades, são vendedores natos.
10 - Os que já tiverem saído, são gerentes.
11 - Os que estiverem olhando pela janela com o olhar perdido no infinito, são
os responsáveis pelo Planejamento Estratégico.
12 - Os que estiverem conversando entre si com as mãos no bolso demonstrando
que nem sequer tocaram nos tijolos e jamais fariam isso, cumprimente-os com
muito respeito e coloque-os na Diretoria.
13 - Os que levantaram um muro e se esconderam atrás são do Departamento de Marketing.
14 - Os que afirmarem não estar vendo tijolo algum na sala, são advogados, encaminhem ao Departamento Jurídico.
15 - Os que reclamarem que os tijolos 'estão uma porcaria, sem identificação, sem padronização e com medidas erradas', coloque na Qualidade.
16 - Os que quiserem saber o que tem dentro dos tijolos, como são feitos, por quem são feitos, onde são feitos e esses "detalhes" são os profissionais da Inteligência Competitiva.




terça-feira, 3 de março de 2009

Projetos Secretos


Alguns projetos tem uma natureza confidencial, pois contribuem para realização de estratégias comerciais que não devem ser reveladas aos concorrentes. Em tais projetos, o gerente de projetos tem que gerenciar a segurança das informações, além de cuidar das demais dimensões gerenciais do projeto: escopo, tempo, custo, qualidade, riscos, comunicações, recursos humanos etc.

Alguns padrões de segurança da informação podem ser encontrados aqui.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Algumas definições do Código de Ética do PMI

Como profissionais praticantes do gerenciamento de projetos, nós nos comprometemos a fazer o que é certo e honrado. Estabelecemos altos padrões para nós mesmos e aspiramos encontrar estes padrões em todos os aspectos das nossas vidas – no trabalho, no lar e no serviço da nossa profissão.

Responsabilidade
é o nosso compromisso em assumir as decisões que tomamos ou deixamos de tomar, as ações que praticamos ou deixamos de praticar, e as conseqüências delas resultantes.

Respeito é o nosso dever para demonstrar uma elevada consideração por nós, pelos outros, e pelos recursos que nos foram confiados. Os recursos que nos foram confiados podem incluir pessoas, dinheiro, reputação, a segurança de outros e recursos naturais ou ambientais.

Equidade é o nosso dever de tomar decisões e agir imparcial e objetivamente. Nossa conduta tem que estar destacada dos nossos próprios interesses, preconceitos e favoritismos.

Honestidade é o nosso dever em compreender a verdade e agir de maneira sincera, tanto em
nossa comunicação como em nossa conduta.
Blogged with the Flock Browser