segunda-feira, 28 de abril de 2008

Governo do Espírito Santo cria PMO com status de Secretaria

Notícias

24/04/2008 19:11 | Gerenciamento de Projetos
Governo amplia parcerias em gerenciamento de projetos

Nestor Müller / Secom

Ângelo Valle, Bergoli e Octaciano Neto da Segep ajustam as parcerias para o setor.

A equipe da Secretaria de Estado de Gerenciamento de Projetos (Segep) recebeu nesta quarta-feira (24) a visita do coordenador do curso MBA da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e presidente do Project Management Institute (PMI-RJ), Angelo Valle, para troca de experiências em gerenciamento e estabelecimento de parcerias.

No encontro foram discutidas ações para a realização, no Espírito Santo, de um Fórum Nacional de Escritórios de Projetos de Governo e para o lançamento de um livro sobre gerenciamento de projetos, com base na experiência do setor público estadual, previstos para 2008. Além disso, o PMI-RJ contribuirá na elaboração do programa de trabalho da Segep para os próximos 30 meses.

“O Governo do Espírito Santo está de parabéns pela criação da primeira secretaria estadual pública de gerenciamento do país, sinalizando claramente uma opção pela administração de resultados, via ferramentas modernas de gestão que ainda são mais comuns no setor privado”, afirma Ângelo do Valle.

Segundo Enio Bergoli, desde 2003 o montante de investimentos realizados pelo Governo do Estado cresceu trinta vezes, saltando de menos R$ 40 milhões para R$ 1 bilhão em 2008. “Nossa missão é monitorar os investimentos, através de ferramenta moderna, que é o caso do gerenciamento de projetos, para que as entregas à sociedade ocorram nos prazos estabelecidos e com qualidade superior”, afirma o Secretário.

Bergoli também explica que o monitoramento dos investimentos realizados pelo Governo do Estado tem como foco o desenvolvimento harmônico e equilibrado, entre todas as regiões capixabas. “Esse é um compromisso assumido por toda a equipe do governador Paulo Hartung”, afirma o Secretário.

Criada no início do mês de abril, a Segep é responsável pelo monitoramento dos projetos do Governo do Estado e tem como base a metodologia de Gerenciamento Estratégico Orientado para Resultados (GEOR). Esse método de trabalho permite o acompanhamento das ações do Governo em tempo real, o que possibilita agilidade no processo de tomada de decisões.

Além disso, a pasta coordena o programa Pró Gestão, que abrange o gerenciamento dos 19 projetos prioritários do Governo do Estado, com impactos nas áreas de saúde, educação, transporte, agricultura, segurança pública e outras. Esses projetos prevêem investimentos de R$ 3,2 bilhões, em quatro anos, o correspondente a cerca de 70% do orçamento de investimentos do Governo.

Fonte: http://www.es.gov.br/site/noticias/show.aspx?noticiaId=99680215

Nenhum comentário: